Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de São Paulo

Dados do Programa

Sediado na FMVZ-USP, o Programa tem hoje dentre seu corpo docente, pesquisadores da própria unidade e, no sentido de ampliar suas atividades interdisciplinares, e internacionais, consta ainda com docentes e com pesquisadores das Unidades USP: FZEA, FM e ICB, bem como do Instituto Butantan, e de três renomadas instituições de Pesquisa: Universidade da Califórnia-San Diego/USA UNRI, Cape Town, África do Sul e Universidade de Montreal, Canadá.

O PPG já graduou 682 mestres e doutores nestes 44 anos de existência e se consolida também por sua produção intelectual diferenciada pelo alto índice de citações dos seus docentes e discentes.

A proposta curricular do Programa organiza-se de maneira a atender seus objetivos, bem como o perfil do egresso a ser formado, alinhado à área de concentração, linhas e projeto de pesquisa. Durante o mestrado, o pós- graduando é preparado para utilizar bem a metodologia científica, despertando seu espírito crítico, em relação ao pensar de maneira inovadora, selecionar conteúdos didáticos, preparar bem suas apresentações didáticas e científicas e adquirir habilidades e conhecimentos necessários à escolha das técnicas essenciais das suas pesquisas. No doutorado, o pós-graduando busca amadurecer seu espírito crítico e adquirir liberdade de pensar, uma vez familiarizado com a metodologia e proposta de colaborações. Aprimora sua capacidade de redigir e rever seus artigos, e familiariza-se com os desafios da ciência contemporânea. Em ambas as modalidades, o pós-graduando é desafiado a buscar a relação do seu projeto e de outras propostas paralelas, com as formas de inserção social, de ampliação e aprimoramento do conhecimento e da transferência da tecnologia. Para tanto, os mestrandos devem cumprir 36 créditos em disciplinas, até 12 créditos complementares (publicações etc.) e 60 créditos na dissertação. Durante o doutorado, devem cumprir 52 créditos em disciplinas, 12 créditos complementares e 140 créditos na tese.

O portador de título de Mestre que se inscreve em curso de doutorado deverá pedir equivalência de título, e completar 28 créditos em disciplinas e 140 créditos no preparo da tese. Tanto as teses quanto as dissertações podem ser feitas em capítulos compostos por artigos publicados e/ou submetidos à publicação.

A área de concentração única “Anatomia dos Animais Domésticos e Silvestres” abriga 7 linhas de pesquisa que foram atualmente modernizadas (Anatomia Funcional do Sistema Nervoso Central, Periférico e Autônomo para Neurociências e Suas Aplicações; Anatomia Morfofuncional dos Sistemas Orgânicos para Anatomia Funcional e Comparada; Bases Anatômicas Aplicadas à Clínica-Cirúrgica para Medicina Translacional; Estrutura e Função da Comunicação e Adesão Celulares e suas Relações com a Matriz Tecidual para Microambiente Celular e Matriz Tecidual; Morfofisiologia e Morfogênese do Sistema Imunitário e Células Totipotentes para Biotecnologia Aplicada e Imunologia; Morfologia dos Órgãos Temporários e Tecidos Glandulares para Órgãos Temporários e Tecidos Glandulares – Forma e Função; e Placenta e Placentação para Anatomia da Gestação – Tecnologias Voltadas ao desenvolvimento), nas quais encontram-se inseridos os projetos alinhados à ciência inovadora e as formas de inserção social. As disciplinas que compõem a estrutura curricular do PPG, estão relacionadas a uma ou mais das linhas de pesquisa.  Assim atendem a todas as linhas de pesquisa: Anatomia Conceitual e Análise Crítica em Pesquisa Anatômica; Empreendedorismo; Passos Para Redação de um Trabalho Científico no Contexto Internacional (Requirements for Scientific Work in an International Context); Preparação Pedagógica em Anatomia; e Técnicas Aplicadas a Investigação em Anatomia. As seguintes disciplinas já são mais específicas para as seguintes linhas de pesquisa:

1- Anatomia Funcional e Comparada: Análise Crítica dos Processos Circulatório e Respiratório, Bases Anatômicas e Filogenéticas da Digestão, Bases Morfológicas da Locomoção e Evolução Filogenética;

2- Neurociências e Suas Aplicações: Neuroanatomia Funcional Comparada: Evolução e Tendências;

3- Medicina Translacional;

4- Microambiente Celular e Matriz Tecidual;

5- Biotecnologia Aplicada e Imunologia;

6- Órgão Temporários e Tecidos Morfologia dos Órgãos Temporários e Tecidos Glandulares: Células Glandulares-Forma: Células Tronco e Terapia Celular, Tópicos em Cultura Celular, com Ênfase em Cultura Primária de Células Tronco (Topics in Cell Culture with Emphasis on Stem Cells Primary Culture);

7- Anatomia da Gestação – Tecnologias Voltadas ao desenvolvimento: Morfofisiologia da Placenta e Placentação, Bases Estruturais e Funcionais da Inter-Relação Endócrina dos Órgãos Genitais Masculino e Feminino, Biologia do Desenvolvimento, Biologia Molecular Aplicada à Embriologia Animal (Molecular Biology Applied to Animal Embryology).

Em 2015 as disciplinas “Biotechnology Applied to the Development of Inovate Therapy in Veterinary Medicine”, “Formação de Recursos, em Neurociência” e “Advanced topics in developmental biology and biotechnology”incluíram-se nas linhas de pesquisa: 4 – Microambiente Celular e Matriz Tecidual; e 2 – Neurociências e Suas Aplicações, respectivamente.

Coordenação:

Coordenador:

Antônio Chaves de Assis Neto
Gestão: 17/05/2019 a 16/05/2021
E-mail: antonioassis@usp.br


Secretaria do PPGAADS:

Daura Taciana Vaz Alves
Telefone: + 55 11 3091-7805
E-mail: pganatomiafmvz@usp.br

Comissão Coordenadora

Tradução